Páginas

Foto do fundo: Auto-retrato - São Miguel do Oeste - SC by Alice Elaine

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Diga SIM!

(ref. W2012 09)




Antes de tomar-me por louca, lunática ou fanática, apenas abra sua mente para uma provável perspectiva, porém, mesmo antes de lhe explicar o cenário pense nestas passagens bíblicas:

“Não vos maravilheis disso, porque vem a hora em que todos os que estão nos túmulos memoriais ouvirão a sua voz e sairão, os que fizeram boas coisas, para uma ressurreição de vida”
(João 5:28,29) 

“Os teus mortos viverão. Um cadáver meu — eles se levantarão. Acordai e gritai de júbilo, os que residis no pó! Pois o teu orvalho é como o orvalho das malvas, e a própria terra deixará [nascer] mesmo os impotentes na morte.” (Isaías 26:19) 

Agora, imagine:

Temperatura suave, nem muito quente e nem fria demais, uma ocasião em que é possível usar uma roupa leve e confortável, com uma leve brisa que acaricia seus cabelos e embala os ninhos dos pássaros que cantam melodias de pós-tempestade...

À sombra de uma árvore frondosa e florida, ou a beira de um córrego de águas limpas está você e seus amigos, talvez parentes, seus pais, seus irmãos, a pessoa na qual você escolheu para viver para sempre ao seu lado, seus filhos, mas sejam quem for, todos estão sorrindo, felizes, satisfeitos e saudáveis. Pele luminosa, radiante exalando o perfume da felicidade.

Então, fechando os olhos, você nota o som de uma linda melodia, vozes conhecidas que há muito não eram ouvidas...

Abre seus olhos e de pronto se coloca a caminhar em direção àquela canção.

E lá estão eles, Elvis, Jim, George, John, e muitos outros, e estão com todo tipo de instrumentos musicais, não há como contar quantos deles você reconhece, Jimi está lá, Ludwig também... e há mulheres: Janis, Bessie, Nina...

Nunca imaginou poder assistir tanta gente talentosa junta desta maneira, são pessoas felizes, sem vícios, jovens e você não precisa pagar um tostão para estar ali. Nesta hora é que você pensa como foi bom ser curioso, ter tido coragem, não ter sido preconceituoso, ter provado se realmente o que lhe diziam era real...

Ali, sentado na relva, ouvindo algumas das vozes mais tocantes de toda história da música humana, vendo instrumentistas talentosos extraírem o som mais inacreditável de um pedaço de madeira, cordas, couro ou metal, é aí que você lembra de hoje... o dia em que decidiu examinar COMO isso tudo era lhe dito como possível e provável, o dia em que lhe disseram que você não precisa morrer pra ver os que já faleceram, o dia em que lhe garantiram que a vida seria diferente e, o dia que você não pensou que perderia seu tempo por obter mais conhecimento...

“Isto significa vida eterna, que absorvam conhecimento de ti, o único Deus verdadeiro, e daquele que enviaste, Jesus Cristo.” (João 17:3) 

Aceita, que é tudo de graça!!!

Use os comentários...



Onde estão?